Category Archives: 2011-2012

O que o futuro nos reserva.

João Moutinho vestido de verde-e-branco. É uma recordação do passado. Agora deparamos com um meio campo do Sporting recheado de qualidade e capacidade, se bem que é notória a falta do Rinaudo, para articular a defesa e o meio campo.

Não é o regresso do João que é o cabeça-de-cartaz para o espectáculo de amanhã, mas sim, a possibilidade do Sporting ficar a três pontos dos actuais detentores do título. Se perder, considero bem capaz o afastamento do Sporting da luta pelo título. Com o empate, o claro beneficiado é o Benfica que distancia-se dos adversários em caso de vitória nesta jornada.

Hoje o Público (http://desporto.publico.pt/noticia.aspx?id=1527853) revela que o Sporting tem preparado um grande ambiente de hostilidade para o clássico de amanhã. É um claro volte-face nas políticas que vinham a ser abordadas pelos dirigentes do clube ao longo dos últimos anos. A relação com os rivais não é claramente a mesma. Se houve polémica com a venda dos bilhetes no dérbi da Luz, agora pode estar o verniz com esta dimensão toda em torno da recepção da equipa do Norte. Mas posso ajudar as mentes mais esquecidas que na altura que o Porto jogava no Estádio das Antas, a recepção aos adversários não era muito diferente. Podem acompanhar por aqui http://www1.ionline.pt/conteudo/73287-ivkovic-nas-antas-o-balneario-cheirava-sempre-bagaco.

Leiam aqui o comunicado oficial do Sporting acerca desta polémica (http://www.sporting.pt/Noticias/Futebol/Fut_Prof/notfutprof_futcomunicado_060112_86213.asp)

Aqui apresento as estatísticas do último derbi. É caso para dizer: Descubra as diferenças.

Seja como for, são 11 contra 11. E neste caso quem ganha não é a Alemanha.

Este blog irá a partir de agora ter uma actualização quinzenal. E pede-se aos leitores que comentem para que enriqueçam o debate em torno de cada post.

Momentos de poesia

Nova época, e como sempre bate-se na mesma tecla. E ainda bem. “Este ano é que é!!” Infelizmente, chega a Dezembro e já estou a fazer contas para o próximo ano. Sofrer faz parte do vocabulário leonino. Mas ser sportinguista é isto e muito mais. Sofrer, insultar os jogadores, mandar vir com os árbitros, dizer que os dirigentes não prestam. Que o Evaldo não passa de um coxo que nem nos Salgueiros jogava. Que o Sporting é um leão enjaulado do Circo Cardinali, que não apostamos nos nossos jogadores da cantera como à 10 anos.

Eu quero acreditar que essa cassete foi destruída nas pilhagens de Londres. Quero ver a garra em cada lance, quero ver o Rubio a enfiar 3 “batatas” no Olhanense, quero ver o Big Mac a largar um coice no Wilson Eduardo (que acredito que será alto jogador daqui a 3 anos. Não tenho pressa), e diga-lhe, “Learn to play! And then, came with me!”, com aquele olhar matador.

Como sportinguista eufórico espero começar com uma goleada para ficar logo em primeiro lugar e ser 1º lugar todas as trinta jornadas.

Quero estar presente num grande ano do Sporting para um dia poder dizer aos meus futuros filhos e netos que a grandeza do Sporting é isto. Passamos por muito. Mas a glória é eterna.

ESFORÇO, DEVOÇÃO, DEDICAÇÃO E GLÓRIA.

(Alguém que ponha o grande lema na porta do balneário em todas as línguas, para dar moral aos moços.)

Dispensas e Plantel 2010-2011 (Defesa)

Não conto contigo. Esta é a expressão que Domingos Paciência utilizou e vai utilizar numa carrada de jogadores que simplesmente não reúnem condições para um Sporting capaz de lutar pelo título.

Começando na baliza. O Timo Hildebrand já tornou público que não fica no plantel, já tendo despedido dos adeptos pelo facebook. Ou seja, para o próximo ano, as redes leoninas ficarão à responsabilidade do RP Gigante, do Tiago, e muito provavelmente do Victor Golas, a quem será dada uma oportunidade como 3º guarda-redes, depois de uma época, podemos falar, positiva, no Boavista.

Lateral Direito. Aqui existem vários jogadores já contratualmente ligados ao Sporting que podem ficar para a próxima época. João Pereira, João Gonçalves, Cédric, Abel, Pedro Silva e Pereirinha. Acreditando que este último sai e que Cédric é emprestado para jogar mais ainda ficam 4 jogadores. A situação do Abel é algo delicada, pois em final de contracto, ainda fala-se de uma possível renovação de um ano, e depois deverá integrar a equipa técnica de Alvalade, tendo em conta que até é doutorado em educação física. Pedro Silva até realizou uma boa época e não é menos jogador que Abel, é uma questão de ver na pré-época se é uma mais valia no plantel de Alvalade.

Centrais. Com Daniel Carriço e Rodriguez certos no plantel, e com a imprensa a falar na continuidade de Polga, a única saída que está garantida é de NAC que vai para o Braga. Torsiglieri continua num impasse, tudo dependendo da contratação de mais um central. Possívelmente será ou o Alex Silva, irmão do girafa do Benfica, ou o Paulão, defesa central de 197 cm do Braga. Aqui é questão de ver o comportamento no mercado por parte de Duque e Freitas.

Esquerda. Evaldo tem assegurada a continuidade no plantel enquanto que Grimi tem guia de marcha. Acreditando que André Marques é para emprestar, e nunca mais se ouviu falar de Wundt, a contratação poderá ser de alguém com um perfil jovem, e que encaixe nas características de Marcelo ou Fábio Coentrão, que são exemplos dos laterais esquerdos modernos. Seria positivo, na minha opinião ver um jogador como Traoré que actualmente se encontra na Juventus a jogar em Alvalade.

Terminando na defesa, outro caso que merece atenção é o de Caneira. Tenho as minhas dúvidas se merece continuar no plantel, mas não invalido a oportunidade de disputar um lugar no plantel na pré-época.